Jovem percussionista de Presidente Prudente leva experiência musical brasileira a crianças do Malawi, na África

316

Karoline da Silva Ribas, de 23 anos, é ex-aluna do Projeto Guri. A instrumentista permaneceu no país africano durante dez meses em um programa de intercâmbio.

A experiência musical de uma moradora de Presidente Prudente (SP) foi destaque em Lilongwe, no Malawi. A jovem, de 23 anos, Karoline da Silva Ribas, é percussionista e ex-aluna do Projeto Guri, no Polo Regional de Presidente Prudente. Ela permaneceu no país africano durante dez meses e desenvolveu um workshop de percussão brasileira nesse período.

Após participar do programa de intercâmbio Musicians and Organizers Volunteer Exchange (Move), criado pela JM Norway e promovido no Brasil pela organização Amigos do Guri, Karoline retorna ao Brasil com histórias sobre o período que passou no exterior.

Para Karoline, a experiência foi satisfatória, já que ela enxergou no intercâmbio uma oportunidade engrandecedora e deixou o Brasil com um único objetivo: oferecer o seu melhor diante do desafio que lhe foi entregue no exterior.

“Para chegar até lá, eu passei por um processo seletivo por todo o Estado de São Paulo. Fui selecionada para ficar dez meses no Malawi, porém, antes disso fui para a Noruega, na Europa, onde fiz um curso preparatório que é oferecido a todos os participantes dos países envolvidos”, disse a percussionista ao G1.

Na capital Lilongwe, Karoline teve aulas do idioma africano chichewa e aos fins de semana participava de um trabalho voluntário em Dedza, que é um distrito do Malawi. Em uma comunidade católica, ela conduzia um curso de música para pessoas de 15 a 25 anos.

A percussionista contou ao G1 que saiu do Brasil no dia 15 de agosto de 2017 e retornou em 1º de junho de 2018. A casa onde ela morava era dividida com intercambistas de outros países e, a partir disso, existia uma troca de experiências culturais.

“No dia 14 de agosto de 2018, eu voltarei para a Noruega. Trabalharei lá no pré-curso para novos participantes e voltarei no dia 21 do mesmo mês”, disse a intercambista ao G1.

Projeto
O Projeto Guri, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, promove o intercâmbio uma vez ao ano. Inicialmente, todos os jovens passam por um período de imersão na Noruega, durante os 15 primeiros dias.

No país europeu, eles conhecem os demais intercambistas e entendem em detalhes os objetivos e responsabilidades durante a experiência.

Em seguida, todos são distribuídos em dupla para países distintos e a viagem e as despesas são de graça aos jovens selecionados.

Abrigo
Karoline conviveu em Lilongwe com o pianista Gabriel dos Santos, de 19 anos, ex-aluno do Grupo de Referência de São Carlos (SP).

Durante duas semanas, os jovens planejaram atividades com os alunos da escola Music Crossroads. Karoline desenvolveu um workshop de percussão brasileira e Gabriel lecionou aulas de teoria musical.

“Por uma questão cultural, no Malawi não é comum as meninas tocarem tambor. Por isso, sempre incentivava muito todas para que continuassem indo às aulas”, contou a percussionista.

Juntos, os jovens trabalharam no abrigo Adziwa, mantido com a ajuda do casal de atores brasileiros Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank. Lá, deram aula de musicalização para as crianças de dois a quatro anos.

G1 PRUDENTE

Comentários