Oeste Paulista recebe apenas R$ 80 mil dos R$ 27,4 milhões destinados aos municípios turísticos

80
b2-1912 PRAIA FLUVIAL DE PRESIDENTE EPITÁCIO – As fotos do balneário de Epitácio lembra uma praia beira mar. Mas não é. É uma praia fluvial à beira do rio Paraná. Nos finais de semana está sempre cheia. O rio tem águas límpidas e pelo volume lembra o mar. Presidente Epitácio – SP (Rios, Lagos, Represas e Pontes/ Circuito Oeste Rios/ Estâncias Turísticas/ Oeste Paulista C&VB). Localização: S 22°33.046´- W 52°14.052´ Crédito obrigatório – Foto: Pierre Duarte

O Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur), da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, repassou R$ 27,4 milhões para 50 cidades que fazem parte dos Municípios de Interesse Turístico (MITs) e estâncias no início de 2021. Na região de Presidente Prudente somente um município foi beneficiado com um repasse de R$ 80 mil.

Ainda conforme o Dadetur, o valor foi destinado para Adamantina e deve ser utilizado para a revitalização da Lagoa dos Patos, localizada na Praça Euclides Romanini.

Conforme consta no site da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, a Praça Euclides Romanini é um “lugar muito visitado”. O local leva o nome do ex-prefeito Euclides Romanini e tem “uma pequena lagoa povoada por patos, cágados e alguns peixes, um parque infantil, academia ao ar livre, quadra de areia e uma imagem do Cristo Redentor de braços abertos. Em seu entorno estão plantadas árvores grevilhas, que são exóticas e de crescimento rápido”.

Em 2020, também de acordo com o departamento, a região recebeu R$ 3,8 milhões. “Assim como em 2020, esses primeiros repasses foram direcionados para as obras que estão em andamento. A intenção é que possam ser concluídas, colaborando para a melhoria da qualidade do produto turístico local”, salientou o Dadetur.

No ano passado, o valor total repassado para as cidades turísticas chegou a R$ 223,3 milhões, “o maior dos últimos seis anos”, e 180 municípios. O departamento explicou que para o acesso a esses recursos, MITs e estâncias devem “cumprir uma série de exigências legais, incluindo a elaboração dos projetos, submetidos a aprovação”.

Investimentos no Oeste Paulista

Em agosto de 2020, o governo estadual anunciou que os investimentos em obras e infraestrutura turística haviam alcançado a marca de R$ 101,9 milhões. Desse total, somente seis municípios do Oeste Paulista foram contemplados. O valor foi de R$ 2,1 milhões, o que equivale em torno de 2% do total.

Adamantina estava entre essas cidades, com recebimento de R$ 300 mil. Foram beneficiados, também, Martinópolis, com R$ 221.601,08, Presidente Epitácio, com R$ 573.752,48, Rancharia, com R$ 99.565, Rosana, com R$ 381.743,68 e Santo Expedito, com R$ 496.237,02.

Oeste Paulista recebe apenas 2% de repasse estadual de mais de R$ 100 milhões para o turismo.

G1-PP

Comentários

- PROPAGANDA -