Prefeitura de Bataguassu antecipa 50% do 13º salário e injeta R$ 1.087.876,40 milhão na economia local

115

Diante do avanço do Novo Coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Bataguassu decidiu pagar, de forma antecipada, no dia 22 de junho, a primeira parcela do 13º salário dos servidores públicos municipais. Serão injetados na economia local R$ 1.087.876,40 milhão (valor líquido) beneficiando 724 servidores (servidores ativos, aposentados e pensionistas com exceção de funcionários contratados).

A medida, de acordo com o prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina (PSDB), tem como objetivo minimizar os impactos causados pela pandemia da Covid-19 e movimentar a economia. O adiantamento do benefício acontece pela primeira vez durante a atual administração municipal.
“Apesar da queda na arrecadação e de todos os prejuízos econômicos causados pela pandemia, as medidas de equilíbrio fiscal que tomamos nos últimos anos permitiu que pudéssemos promover essa antecipação da primeira parcela do 13º salário. Nesse momento delicado, tenho certeza de que essa parcela vai representar um fôlego financeiro aos nossos servidores”, afirmou Caravina.

Segundo o prefeito, que é presidente da Assomasul, a primeira parcela do décimo terceiro salário corresponde a 50% do salário integral recebido pelos servidores. “Além de se constituir em mais um ação concreta de valorização do funcionalismo público, a antecipação significa também um apoio importante no incremento do segmento comercial, uma das atividades principais da econômica local”.
O gestor salienta ainda que a segunda parcela será quitada no mês de dezembro como em anos anteriores.

AI BATAGUASSU / Fotos Assecom Prefeitura de Bataguassu

Comentários