Escolas de Samba voltam ser a atração no Carnaval de Epitácio

696

Depois de seis anos, as escolas de samba voltam à Avenida Juliano Ferraz de Lima, às margens do rio Paraná, na Estância Turística de Presidente Epitácio, entre os dias 21 a 24 de fevereiro. Isto foi possível depois de um levantamento de custos feito pelo Secretário de Turismo Frank Celestino de Oliveira, o Frank “Bala”, e apresentado à Prefeita Cassia Furlan, que aprovou a ideia da volta das escolas de samba. Após inúmeras reuinões entre Prefeitura, Secretaria de Turismo, Comtur e representantes das escolas, forma definidos parâmetros para um Chamamento Público para a apresentação do desfile, no valor de 200 mil reais para o carnaval 2020, que foi vencida pela Doce Mar, a mais nova escola da cidade, que representou também as três coirmãs.

“Nossa expectativa é que com o retorno das escolas de samba, possamos consolidar nossa cidade como destino regional no carnaval (igual a virada do ano)”, diz a Prefeita Cassia Furlan, que acrescenta: “o investimento total será de R$ 280 mil, verba da prórpia prefeitura, destinada à eventos”. Cassia acredita que o mais importante é consolidar os eventos garantindo nossa cidade como Estância Turística e não MIT- Município de Interesse Turístico, que recebe 1 terço da verba da Estância. Também estamos recebendo apoio da Acipe que entende a necessidade da consolidação dos eventos”.

Já para o Secretário de Turismo, Frank “Bala”, “a volta do carnaval resgata parte da cultura popular de nossa cidade, que tem vários artistas e pessoas apaixonadas pelo carnaval”. “Tenho visitado as escolas de samba, que já coumpriram estapas do Chamamento Público, que são os sambas enredos, ensaio técnico, os ateliês de costura e os carros alegóricos. As escolas estão à todo vapor e acredtiamos num público de 15 mil pessoas por noite, nos desfiles da escolas de samba”, conclui o Secretário.
No dia 21, sexta-feira, segundo Frank Bala acontecerão os ensaios das escolas, com entrada franca. Já dia 22, acontecerá o primeiro desfile; dia 23 as agremiações contrataram uma banda para animar a noite e, no último dia (24), as escolas farão o desfile de encerramento. A ideia para este ano é de apresentação apenas, sem competição, para a retomada o carnav
A mais nova escola da cidade, Doce Mara, entrará na avenida com o enredo “Meu Mundo Doce”, com aproximadamente 300 componentes, distribuídos em cinco alas, dois carros alegoricos e um Tripé.

Segundo Anderson Rodrigues, Presidente da escola, assim se apresentará a Doce Mar: ” Comissão de frente – Carro caravela adocicada, Bateria, Ala 1, Ala das Baianas, Mestre Sala e Porta Bandeira, Ala 2, Carro Mundo Doce, Ala dos Convidados e o Tripé, que será surpresa”. “Conseguimos R$ 6 mil de patrocínio no comércio local o que nos ajudará bastante. A Doce Mar vem para a avenida leve, solta e feliz, traz na sua essência o samba, o resgate do carnaval e a independência das agremiações do Poder Público, destacando que o importante é a sobrevivência do carnaval, pois é muito importante para a economia e cultura do municipio”, finaliza.

Já segundo José Amaro da Silva, o Zé Careca, Presidente da Escola de Samba Águia de Ouro da Vila Palmira, há 16 anos, “entraremos na avenida com sabam no pé, provavelmente com mais de 250 compontentes, várias alas e dois carros alegóricos. Infelizmente não consguimos patrocínios. Nosso enredo será Onde Nasceu Olodum e com certeza iremos levantar a avenida” finaliza Zé.

A GRC Escola de Samba Estação Primeira de Vila Maria, fundada em 1986, presidida por Aparecido Luiz Sátiro há um ano entrará na avenida com três alas e dois carros alegóricos, homenageando o ex-prefeito Adhemar Dassie.
“Com a volta das escolas depois de seis anos, esperamos que nos próximos anos a gente consiga dar continuidade com a realização do carnaval, pois o carnaval é dos eventos que mais traz turistas para cidade aquecendo o comércio local”, diz o presidente Satiro.

Para Dr. Victor Leonardo Saraiva Marques, médico e líder da comissão de carnaval desde 2017, do Grêmio Recreativo Escola de Samba Social e Cultural Unidos da Ribeira, fundada em 1984, ” a unidos entrará na avenida com aproximadamente 300 componentes, três carros alegóricos, três alas comerciais, Bateria, Mestre Sala e Porta Bandeira, Ala das Baianas e fechando a Ala dos Componentes que trabalharam na escola”. Com o enredo “Renasceu ou Ressuscitou? Eis a questão!”, Leonardo diz que “iremos contar na avenida como foi a retomada do nosso carnaval, abordando pontos de estímulos aos integrantes da escola”, que conseguiu R$ 10 mil de patrocínio, que vai alavancar a escola na avenida.

“Temos ainda a parceria com entidades da cidade, como Santa Casa, Unividas e Alfa e Ômega, que estarão ajudando na organização para no fim receberem suas porcentagens pela contribuição”, finaliza Leonardo.

Serviço:
Os desfile acontecerão a partir das 22h, no sambódromo da Avenida Juliano Ferraz Lima, na orla de Presidente Epitácio.
21/02 – Ensaio das escolas de samba
22/02 – Desfile
23/02 – Show com banda
24/02 – Desfile

O evento é grátis, exceto camarotes e frisas, cuja renda será destinada ao carnaval de 2021.

Compras de camarotes e frisas através do celular e whatsapp (18) 99666-1434, com Mara.

Fonte: Folha da Estância

Comentários