Agora é lei: eutanásia de cães e gatos é proibida no estado do Rio

329

Quem descumprir a ordem terá que pagar multa de 2,5 mil Ufir-RJ, pouco mais de R$ 8 mil

Aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) no mês passado, a Lei 8.050/18 foi sancionada nesta quarta-feira pelo governador Luiz Fernando Pezão.

Agora, os animais só poderão ser sacrificados caso seja constatada doença grave infectocontagiosa incurável que coloque em risco a saúde das pessoas ou de outros animais, ou quando o animal estiver em severo sofrimento. O procedimento, que deverá ser comprovado por meio de laudo e exame laboratorial, só poderá ser realizado por médicos veterinários em centros de controle de zoonoses, canis públicos e privados ou estabelecimentos similares.

O descumprimento da norma acarretará em multa de 2,5 mil Ufir-RJ, pouco mais de R$ 8,3 mil. Estabelecimentos privados poderão, ainda, perder o alvará de funcionamento, enquanto instituições públicas que desobedecerem à nova regra poderão ser responsabilizados administrativamente.

O DIA / MARIA INEZ MAGALHÃES

Comentários

- PROPAGANDA -