Artigo – A dor do perdão

0
231

Como é difícil perdoar alguém que nos feriu, atacou, falou coisas que machucaram a alma, quando o ferimento continua aberto.

Não é fácil perdoar quando estamos sofrendo, mas é necessário liberar o perdão para o ferimento cicatrizar.

Perdoar não é esquecer, pois a cicatriz continuará presente. O maior efeito do perdão se dá em quem libera.

É como tentar se esconder de si mesmo, numa brincadeira que apenas existe um participante, quando você não perdoa.

Perdoar é um ato que precisa ser aprendido, mas não acredite que é fácil, pois levará um tempo para conseguir de verdade liberá-lo.
Não existe outra possibilidade de entender sobre o perdão, sem conhecer o que está escrito nas escrituras.

“Então Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes? Jesus respondeu: Eu digo a você: Não até sete, mas até setenta vezes sete”.
(Mateus 18:21-22)

“E, quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial perdoe os seus pecados. Mas, se vocês não perdoarem, também o seu Pai que está nos céus não perdoará os seus pecados”.
(Marcos 11:25-26)

“Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou”.
(Colossenses 3:13)

“Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça”.
(1 João 1:9)

“Pois, se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também perdoará vocês. Mas, se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não perdoará as ofensas de vocês”.
(Mateus 6:14-15)

“Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo”.
(Efésios 4:32)

O perdão vai muito além do nosso simples ato de dizer perdoado, ele nos cura, revigora nossa alma, nosso estado de espírito, nos coloca mais próximo de Deus, abre as portas para sermos perdoados pelo Pai, coloca em nós a essência da humildade, e ilumina o nosso caminho para voltarmos a andar.

Libere hoje o perdão e viva melhor!

Meu nome é William Rodrigues, sou advogado, professor, empresário, seminarista, mas pode me chamar de FACILITADOR.

#AcordaAÍ #BoraPlantarSementes

Contatos:
@will_epitacio (instagram)
william.rodriguesdasilva.127 (facebook)

Comentários