Amar os filhos

321

Como é bom saber que Deus nos ama, e Ele ama a constituição familiar. Constituiu a primeira família com o intuito de multiplicar, crescer, povoar a terra, governar e dominar tudo que nela existe.

A família está no coração de Deus, então ela também precisa estar no nosso.
Você fez a escolha de sua esposa ou marido, mas a família é criação de Deus.
Os filhos são herança do Senhor que ele nos presenteou, os melhores presentes que os pais poderiam receber de qualquer pessoa. Muitas vezes levamos como um fardo, um peso grande que lutamos para carregar.

Para falarmos em amor, primeiro precisamos conhecer o que Deus diz sobre isso, pois Ele é amor, e deu seu único filho para morrer por nós.

“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna”. (João 3:16)

Com base no texto acima, aprendemos duas lições:
a) Amar é se doar – entregar tempo de qualidade para os filhos.
O tempo que sobra, chamado de resto, nunca será bom para eles.
b) Amar é dar liberdade – os filhos precisam aprender decidir sozinhos.

Não esqueça que a liberdade vem com o conhecimento, quando não sabemos, continuamos presos no mundo da ignorância.

Importante destacar, para decidir com sabedoria é necessário alguém que ensine sobre Deus, os princípios contidos nas escrituras, e isso cabe aos pais.

Resumindo, amar os filhos é um ato de se doar e dar liberdade, a partir do momento que estamos ensinando bem.

Meu nome é William Rodrigues, sou advogado, professor, empresário, seminarista, mas pode me chamar de FACILITADOR.

#AcordaAÍ #BoraPlantarSementes

Contatos:
@will_epitacio (instagram)
william.rodriguesdasilva.127 (facebook)

Comentários

- PROPAGANDA -