Pelo 3º dia, Prudente registra morte por covid; casos chegam a 472

236

Pelo terceiro dia seguido, a cidade de Presidente Prudente contabiliza uma nova morte provocada pelo coronavírus, a oitava em apenas 12 dias. Nesta sexta-feira (26), a Vigilância Epidemiológica Municipal (VEM) confirmou o falecimento de uma senhora de 77 anos.

Segundo o órgão, a vítima fatal do vírus teve os primeiros sintomas no dia 1º; o resultado positivo foi confirmado no dia 12. Agora, Prudente registra 19 mortes por coronavírus.

Novos casos
Também segue em alta a catalogação de novos casos positivos. No boletim divulgado pela VEM, mais 20 pessoas testaram positivo para a doença totalizando 472 infectados desde o início da pandemia. A crescente foi responsável por manter a cidade na fase vermelha de flexibilização da quarentena.

Entre os casos confirmados nesta sexta, quatro pessoas estão hospitalizadas, sendo duas mulheres: uma de 40 anos que apresentou início dos sintomas no dia 13, e outra de 69 anos, cujos sintomas iniciaram no dia 19; bem como dois homens, sendo um de 43 anos, com início dos sintomas no dia 18, e outro de 78 anos, que teve início dos sintomas no dia 12.

Os demais munícipes seguem em isolamento social, sendo 13 mulheres das seguintes idades: 21, 34 e duas de 57 anos, cujos sintomas tiveram início no dia 16, 29, 33, 48 e 61 (no dia 15), 32 e 82 anos (no dia 12), 36 anos (no dia 19), 50 anos (no dia 17) e 63 anos (no dia 14).

Por último, três homens: 42 e 65 anos (no dia 11) e 61 anos (no dia 18).

Hospitais com demanda alta
Também cresceu o número de pessoas internadas. Agora, a Vigilância Epidemiológica aponta 47 prudentinos hospitalizados, sendo 17 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

São aguardados ainda os resultados de 158 exames de pessoas com suspeitas da doença.

Curados
A VEM comunica que na atualização semanal, mais 124 pessoas podem ser consideradas curadas na cidade. Assim, são 364 munícipes que já contraíram a doença e estão curados.

Cabe ressaltar que para ser considerado caso curado é levada em consideração a estimativa do período de incubação do vírus, que é de 14 dias. Além disso, são pessoas curadas somente aquelas que seguem em domicílio ou tiveram alta hospitalar após cumprirem o período.

Sendo assim, aquelas que já cumpriram os 14 dias de incubação do vírus, mas permanecem internadas, não são tidas como curadas.

PORTAL PRUDENTINO

Comentários

- PROPAGANDA -