Prefeitura de Caiuá procura reaver convênio de infraestrutura

423
Foto Orinho: Prefeita de Caiuá Rute

A prefeita de Caiuá, Rute Almeida dos Santos Lima (PTB), em entrevista ao Jornal Folha da Estância, na última terça-feira (15), afirmou estar em busca de reaver o convênio de infraestrutura rescindido no último dia 5 pelo governador do Estado de São Paulo João Dória.

Além do município de Caiuá, outras 12 cidades da região deixaram de receber o convênio.
A prefeita pretende entrar em contato com outros municípios para que juntos possam conseguir reestabelecer os convênios. Além dos prefeitos, será de fundamental importância o apoio dos Deputados Estaduais Mauro Bragato (PSDB) e Ed Thomas (PSB).

Os convênios foram assinados no dia 27 de dezembro de 2018 entre o Estado e os municípios, pelo então governador Márcio França (PSB).
A rescisão tem como base o decreto 64.067/19, assinado pelo novo governador paulista, João Dória.

Segundo a prefeita o valor do convênio que foi rescindido é de 400.000,00 que iria beneficiar 350 famílias da agrovila III, bem como todo o município de Caiuá com o término do calçamento.

“A agrovila III hoje se encontra com vários benefícios as famílias como, posto de gasolina, farmácia, supermercado, escola estadual e municipal, lanchonete, caixa do banco Bradesco, dentre outros recursos”,

comentou Rute.

A proposta da prefeita em se unir com os demais prefeitos e deputados estaduais é conseguir marcar uma reunião na Casa Civil em breve.

Infraestrutura:
Rute vem se destacando a cada ano pela sua dedicação e empenho com o município. Comenta que, desde que assumiu a prefeitura vem desenvolvendo um trabalho minucioso na recuperação geral do município e que a cidade ainda precisa de muitas melhorias.
Em relação á aquisição de bens, conseguiu 4 ambulâncias, 1 Kombi que foi designada para o transporte de passageiros para o Ame, 1 ônibus com 52 lugares, 1 Van para o transporte de pacientes e uma retroescavadeira.

Resgatou 113 casas populares que se encontravam com as obras paradas, estando hoje todas entregues á população. Quando assumiu o mandato colocou em dia a folha de pagamento dos servidores municipais, que se encontrava com dois meses de atraso, bem como também, conseguiu regularizar as entregas de 24 cestas básicas, renegociar 4 consignados na Caixa Econômica Federal e 3 consignados no banco Santander, sendo de precatórios em torno de três milhões.
Foto: Orinho / Jornal Folha da Estância / por: Layane Martins

Comentários

- PROPAGANDA -