Entrega de droga é frustrada no Parque do Povo e Polícia Militar detém rapaz e adolescente por tráfico

294

Envolvidos ficaram nervosos com presença da Rocam e, com a abordagem, a prática ilegal foi confirmada. Fato, em Presidente Prudente, ainda resultou na apreensão de maconha e dinheiro.

A Polícia Militar apreendeu maconha e um total de R$ 2.168, em Presidente Prudente, após uma abordagem realizada no Parque do Povo. Um rapaz, de 18 anos, foi detido e uma adolescente, de 15, foi apreendida durante a ocorrência.

O fato foi registrado na noite desta terça-feira (21) como ato infracional e crime de tráfico de droga e associação para o tráfico, bem como corrupção de menor.

Militares das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam) patrulhavam pelo Parque do Povo, quando, a uma distância de cerca de 30 metros, viram um casal caminhando e, em determinado momento, o rapaz cumprimentou outro que estava sentado.

Conforme o Boletim de Ocorrência, todos os indivíduos demonstraram nervosismo quando viram os policiais, o que motivou uma abordagem.

Em um bolso do rapaz de 18 anos, que caminhava com a adolescente, as equipes encontraram uma porção de maconha e um aparelho celular.

Com o outro rapaz, de 21 anos, que estava sentado, nada ilegal foi localizado, somente R$ 30 e um telefone móvel. E com a adolescente foi encontrado outro celular.

Mensagens
Conforme a Polícia Militar, os celulares dos suspeitos foram vistoriados e foram constatadas várias conversas com tratativas de venda de drogas, inclusive entre os dois rapazes abordados.

No aparelho celular da adolescente, havia foto da droga e uma conversa com uma pesquisa sobre o valor do grama da maconha.

Venda ‘eventual’
Questionados separadamente, o rapaz que estava sentado disse que era usuário de droga e que estava esperando o outro, com o qual combinou a compra de R$ 10 de maconha. Ele ainda alegou que já havia adquirido o entorpecente com aquele indivíduo em outras ocasiões.

O rapaz, de 18 anos, confessou ter comprado 250 gramas de maconha para seu consumo, porém, declarou que, “eventualmente”, vende para seus amigos, de acordo com o registro.

Quanto à pesquisa de preços, o rapaz contou que pediu para a menor entrar em contato com uma pessoa, mas que seria para ele comprar a droga.

Com apoio de outras viaturas, os militares foram até a casa do rapaz, onde encontraram, sobre uma cômoda, um pote de vidro com mais cinco pedaços de maconha dentro. Em uma gaveta, a polícia também localizou R$ 2.138. Quanto ao valor, o indivíduo declarou que era oriundo de um estágio que faz.

O trio, então, foi conduzido à Delegacia Participativa da Polícia Civil. O suposto vendedor declarou que era apenas usuário, que fumariam a droga, mas não a venderia para o rapaz que estava sentado.

Já o segundo confirmou a encomenda da droga e declarou que a abordagem ocorreu no momento em que ocorreria a entrega.

A adolescente negou a participação no delito.
Diante dos fatos e materiais localizados, foram ratificadas as vozes de prisão e apreensão do casal. O outro rapaz, que seria o comprador, foi qualificado como testemunha.
POR G1 PRUDENTE

Apreensão de droga foi registrada em Presidente Prudente (Foto: Polícia Militar/Cedida)

Comentários

- PROPAGANDA -