UEPP abre ciclo de palestras com tema sobre desafios da internacionalização do Agronegócio

395

A UEPP (União das Entidades de Presidente Prudente e região) realizou nesta quinta-feira (17) na sede da OAB 29ª Subseção, o primeiro tema para o ciclo de palestras que acontecerá ao longo do ano. Com foco nos desafios nas cadeias agroindustriais da Internacionalização do Agronegócio, a sócia da eLO (Lemos Oshiai), Dra. Fernanda Lemos, trouxe parâmetros nacionais, já que o Brasil é considerado país campeão em produção.

Durante a palestra, Fernanda Lemos levantou dados do saldo de balança comercial, desafios da internacionalização, posicionamento das indústrias brasileiras e soluções. Conforme, a exportação contribui para a redução da carga tributária e aumenta a capacidade de inovação. “A exportação assume grande relevância para empresas, já que é o caminho mais eficaz e garante um ambiente globalizado competitivo”, apontou.

Enquanto aos desafios, é preciso que as empresas compreendam desde a necessidade do consumidor até o ambiente externo, adequações aos códigos florestais e legislativos. “Embora tenhamos um escoamento da produção gigante, ainda não temos meios logísticos mais adequados em termo de eficiência”, comentou Fernanda. Já a nível organizacional, empresas enfrentam barreiras na gestão interna que comporta o gerenciamento, a redução de custos e a mão de obra qualificada.

Na oportunidade, o presidente da UEPP, Marcos Lucas, questionou qual impacto para a economia brasileira e regional à concessão ferroviária única de exportação. De acordo com Fernanda, para as construções ferroviárias deve haver concessões por trechos, seja entre países, estadual, ou mesmo a malha Sul/Norte. “A eventual retomada do transporte férreo em nossa região, sem dúvidas, representará incremento no crescimento econômico e consequente desenvolvimento regional”, pontuou.
AI

Comentários