O “estraga festa”

1170

Se você ainda não foi, com certeza vai ser um dia o famoso “estraga festa”.
Aquela pessoa que na ponta da língua solta palavras indesejadas ao ponto de entristecer, desmotivar, desvalorizar, amarrar aquele que está subindo.

A maioria das pessoas até gostam de ser esse tipo de gente, e estão aprimorando suas técnicas de como estragar tudo, mas existe outro tipo de gente que observa, analisa, e apesar das dificuldades que o outro irá enfrentar, são bases sólidas de entusiasmo e esperança.

A Bíblia nos ensina até a não entristecer o Espírito Santo de Deus que está em nós, como vemos abaixo no versículo 30, capítulo 4, do livro de Efésios:
“Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção”.

Mas como vou entristecer o Espírito Santo de Deus?
Uma resposta fácil, possível, mas difícil de evitar é DESOBEDECENDO a Deus.

Estranho isso não é mesmo, devemos evitar desobedecer a Deus, e isso será uma luta diária e constante, contudo, quando estamos mais próximos dele, íntimos, vamos percebendo sobre o que agrada ou desagrada, e a desobediência se torna mais fácil de evitar.

Estragar a festa dos nossos amigos é ruim demais, e sabemos melhor sobre isso quando somos o alvo desses ataques, aquela frase famosa: “pimenta nos olhos do outro é refresco”.

Use essas dicas: cuidado com as palavras; pense antes de falar; saiba com quem está falando; e é claro, seja atento ao momento certo.

DIZER A VERDADE É DIFERENTE DE FALAR O QUE ACHA CERTO.

Meu nome é William Rodrigues, sou advogado, professor, empresário, seminarista, mas pode me chamar de FACILITADOR.

#AcordaAÍ #BoraPlantarSementes
Contatos:
@will_epitacio (instagram)
william.rodriguesdasilva.127 (facebook)

Comentários

- PROPAGANDA -