Insalubridade  – Vereador Tico indaga Executivo sobre pagamento a servidores da linha de frente da Covid

0
352

Por meio do requerimento 178/2021, o vereador Alberto Gomes Barbsosa solicitou do Executivo durante sessão nesta segunda-feira, dia 3, informações referentes ao pagamento de insalubridade no teto máximo aos servidores que estão na linha de frente da Covid-19. No documento que teve o apoio dos demais vereadores epitacianos, o vereador solicita que seja concedido o adicional de insalubridade no grau máximo (40% – quarenta por cento) aos servidores da linha de frente.

Tico justifica sua solicitação afirmando que na linha de frente do combate ao novo coronavírus estão os médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, recepcionistas, motoristas de ambulâncias, fisioterapeutas; serviços gerais, etc, expostos ao risco de contaminação pelo vírus, fazendo jus a percepção da insalubridade no grau máximo. O vereador ressalta ainda no requerimento, que muitos municípios da região estão avaliando a possibilidade de majorar o pagamento do adicional de insalubridade no grau máximo diante da pandemia e, concomitantemente, otimizando os estoques de EPIs para resguardar a integridade físicas dos profissionais de saúde como medida preventiva no enfrentamento do Covid-19. O documento foi encaminhado ao Executivo para ser destinado ao setor competente.

AI CMPE / Priscilla Martins

Comentários