Rotary Club Pres. Prudente Sul entrega 216 cestas básicas de abril a junho

0
381

Uma das missões do Rotary é ajudar a comunidade no que ela precisar. Por isso, o Rotary Club Presidente Prudente Sul realiza nos meses de abril, maio e junho a entrega de 216 cestas básicas que subsidiará famílias carentes do município. Nesta quinta-feira (15) foram entregues 156 cestas na Pastoral da Família da Nossa Senhora do Carmo da Vila Maristela e na Associação Bethel Projeto Mão Amiga.

Conforme o presidente (gestão 2020-2021), Jair Bernardi, foram entregues 58 cestas na Pastoral da Família e 38 na Bethel. “Além de ajudar com as famílias nesse momento de socorro, a ação também é um incentivo para que toda sociedade civil e empresas pratiquem a doação”.

O coordenador da Mece (Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística), João Celso, informa que as cestas serão distribuídas as famílias das capelas dos bairros Alexandrina e Primavera, coordenadas por Luís Saito. Conforme, desde o início da pandemia, houve um aumento substancial no pedido de ajuda de famílias mais necessitadas, voltados a alimentos e pagamento contas básicas, como energia e água. “Por isso, é de grande importância doações como esta, principalmente, quando nossa comunidade tem estado tão carecida”, explica Celso.

Padre Rodrigo Gomes de Moreno ressalta para a cultura do doar, e faz um destaque para a palavra “compaixão”, que tem como significado, “compadecer-se à realidade do outro”. “A realidade das pessoas que padecem, sobretudo, com falta do básico (o alimento), realmente é algo que dói em cada um de nós; e quando encontramos parceiros, através da partilha, da generosidade e da caridade, nos deparamos exatamente com irmãos “compaixonados” pelo outro, e isso é o que de mais sagrados podemos ter”, frisa.

A Bethel assiste 90 crianças e adolescentes entre 06 e 15 anos de 70 famílias. A assistente social, Elda Rivero Lacerda Santo, explica que muitos têm vivido apenas com as doações. “Hoje, nosso maior desafio é suprir as necessidades dessas famílias com alimentação. Antes da pandemia, oferecíamos quatro refeições por dia; com a suspensão das atividades presenciais, paramos de receber alimentação da prefeitura, com isso, essas crianças ficaram bem vulneráveis, por isso, somos muito gratos ao Rotary Sul”, agradece.

Assessora de Imprensa/ Francinara Nepomuceno Colatto

Comentários