Rumo garante que estudos solicitados pela UEPP sejam entregues até novembro

307

Por meio de videoconferência, no dia 30 de junho, a UEPP (União das Entidades de Pres. Prudente e Região) se reuniu com a Rumo, concessionária que opera ferrovia regional. Na ocasião, a empresa ficou de apresentar devolutivas a demandas feitas pela entidade.

Em meados de julho, por e-mail, a Rumo informou que a previsão para conclusão do estudo solicitado, do trecho que liga Parapuã (entre Panorama e Tupã) a Presidente Prudente será entregue somente em 11 de novembro de 2020. O traçado conceitual, com a estimativa de capex (traduzido do inglês “despesas de capital ou investimento em bens de capital”) e avaliação ambiental para o ramal ferroviário, em bitola larga teria cerca de 75 quilômetros.

Já previsão da entrega do estudo para circulação de VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) foi agendada para 20 de setembro desse ano. A intenção, solicitada pela UEPP, é que o trecho percorra as estações de Regente Feijó x Presidente Prudente x Álvares Machado, e teria 30 quilômetros, aproximadamente.

Questionada sobre os preços da tabela (abaixo), com transporte ferroviário do norte do Paraná para portos de Paranaguá e São Francisco do Sul, a Rumo apenas informou que o valor descrito (regredindo de R$78 em agosto a R$62 em dezembro) é por tonelada, e se refere ao transporte a partir do terminal de transbordo até o terminal portuário. Segundo, o lote mínimo por composição é de 550 toneladas, em tono de 10 vagões.

AI

Comentários

- PROPAGANDA -