Padre Francesco, de Presidente Epitácio, morre vítima da Covid-19

0
466

O padre Francesco Tolve, da Paróquia de São Jerônimo Emiliani, em Presidente Epitácio (SP), morreu no início da noite desta quarta-feira (3) por decorrência de complicações da Covid-19.

O sacerdote de 75 anos, estava hospitalizado desde o dia 16 de fevereiro. No dia 20 de fevereiro o padre deu entrada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Misericórdia de Presidente Prudente para acompanhamento mais intensivo onde precisou ser intubado, vindo a óbito no inicio da noite de ontem (3).

Francesco Tolve pertencia a Ordem dos Clérigos Regulares Somascos e atuava como vigário na Paróquia São Jerônimo Emiliani de Presidente Epitácio.

Francesco Tolve nasceu na cidade de Tricarico, na Itália, no dia 15 de novembro de 1945. Em 13 de agosto de 1977 foi ordenado padre. Chegou ao Brasil em 1991, porém foi no ano de 1994, que o sacerdote veio pela primeira vez em Presidente Epitácio (SP) atuar como vigário paroquial, na Paróquia São Pedro, conduzida na época pelos Religiosos Somascos.

Ao passar dos anos, entre idas e vindas para outras regiões, o padre Francesco esteve em Presidente Epitácio outras três vezes. Em 2011, retornou para a cidade para morar na comunidade religiosa do Espaço Criança, na qual assumiu a Área Pastoral São Jerônimo.

No ano seguinte, em 2012, a área foi elevada à Paróquia, tendo ele como primeiro pároco. Em 2015, deixa a condução da comunidade e assume o ofício de vigário, na qual atuava até o momento.

“O padre Francesco se caracteriza pela voz rouca, alta e com sotaque italiano inconfundível. Amante das festas, da música e da companhia dos amigos gostava de alegrar o ambiente tocando seu saxofone. Sempre foi serviçal, assistindo os doentes, pobres e as crianças”, afirma o Irmão Evandro Tesini, que pertence a comunidade.

Coronavírus

Segundo o boletim epidemiológico – divulgado nesta quarta-feira, o município totaliza 1.219 casos confirmados, sendo 1.086 curados, 98 casos ativos e 35 óbitos. Com a morte do padre o número sobe para 36 óbitos.

por Cenários SP

Comentários