Pai, mãe e filha morrem em menos de um mês por Covid-19, em Dracena

228

Mais recente vítima fatal, mulher de 63 anos esteve internada no hospital da cidade entre os dias 9 de fevereiro e 10 de março.

Em menos de um mês, três integrantes de uma mesma família, em Dracena (SP), morreram vítimas da Covid-19. Entre os dias 17 de fevereiro e 10 de março, o novo coronavírus matou filha, pai e mãe.

A mais recente vítima fatal foi Izabel Gussoni Pereira, de 63 anos, que havia menos de um mês tinha perdido a filha, de 27 anos, bem como o marido, de 64 anos, todos também vítimas da mesma doença.

Izabel esteve internada na Santa Casa de Misericórdia de Dracena entre os dias 9 de fevereiro e 10 de março, quando morreu às 21h15. Foi a 107ª morte provocada pela Covid-19 registrada na cidade.

A mulher havia perdido a filha para a Covid-19 no dia 17 de fevereiro. Era uma jovem de 27 anos, segundo a Prefeitura, que esteve internada na Santa Casa de Dracena durante sete dias. Ana Carolina Gussoni Pereira era colaboradora da Secretaria Municipal de Saúde.

No dia seguinte, 18 de fevereiro, a vítima fatal foi João Carlos Pereira, de 64 anos, que enfrentava problemas de obesidade, hipertensão e diabetes, e era pai da jovem. Ele esteve internado no Hospital Regional (HR), em Presidente Prudente (SP).

“Chamamos atenção para o número de mortes que está aumentando. Então previna-se e a quem você ama também! Não aglomere, higienize as mãos e use máscara!!!”, publicou a Prefeitura de Dracena em uma rede social juntamente com os dados da atualização do boletim epidemiológico na tarde desta quarta-feira (10).

G1 PRUDENTE

Comentários

- PROPAGANDA -