Suspeito de matar mulher e criança visto em Bataguassu foi preso em Campo Grande

83
Fabrício foi preso no final da tarde de ontem em Campo Grande - Foto: Reprodução/Campo Grande News

Foi preso no fim da tarde desta segunda-feira (08) em Campo Grande o homem suspeito de matar e enterrar em Pompéia, cidade do interior de São Paulo, a mulher e a enteada. Fabrício Buim Arena Belinato estava trabalhando em uma obra no Jardim Macaúbas – região sul de Campo Grande. Seu paradeiro foi descoberto após denúncia anônima. Na última semana, Fabrício tinha sido vista em Bataguassu.

A prisão foi feita por equipes da Guarda Municipal, que estão o encaminhando para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Cepol (Centro Especializado de Polícia). Fabrício estava foragido e foi detido em flagrante.

As vítimas, Cristiane Arena, de 34 anos, e Karoline Vitória, de 9 anos, estavam desaparecidas desde novembro do ano passado. Já no último dia 2, porém, os corpos foram encontrados enterrados no quintal da casa. De acordo com o atestado de óbito, a mãe foi assassinada com facadas e a criança com pancada na cabeça.

Na última semana, Fabrício foi visto em Bataguassu onde procurou uma entidade cristã que ajuda pessoas sem condições financeiras na cidade.

Ele foi flagrado andado na Avenida Campo Grande no centro de Bataguassu Foto: Reprodução/NovaNews

Em Bataguassu, ele conseguiu ajuda de grupo cristão para dormiu e se alimentar. Após isso, ele foi até uma lotérica, retirou dinheiro e não foi mais encontrado. De acordo com a Polícia Militar, há informações de que o suspeito tenha parentes em Mato Grosso do Sul, mas não se sabe exatamente em qual região.

Além dele, outra filha de Cristiane, de 16 anos, foi quem mostrou à polícia a localização dos corpos. Ela é suspeita de ter participado do crime e está apreendida pela polícia paulista, que apura o caso.

por cenariosms.com

Corpos foram encontrados no quintal de casa, em Pompéia – Foto: Divulgação

 

Comentários

- PROPAGANDA -