Estudantes e Docentes do Curso de Pedagogia do IFSP/PEP Realizam Visita Técnica à Creche Central da USP e Museu de Arte de São Paulo (MASP)

No último dia 28 de maio, estudantes e docentes do curso de Licenciatura em Pedagogia do IFSP/PEP realizaram uma visita técnica, como o objetivo de ampliar as experiências de formação dos futuros professores em espaços escolares e não escolares.

O roteiro incluiu a visitação à Creche Central da Universidade de São Paulo (USP) e à exposição “Tarsila Popular”, em cartaz no Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP).

A Creche Central da USP, localizada no câmpus Cidade Universitária (no município de São Paulo), se caracteriza como uma unidade de educação infantil universitária, de caráter público, com atendimento de crianças de 0 (zero) a 5 (cinco) anos de idade. Historicamente, destaca-se pelo trabalho realizado com crianças, profissionais da educação infantil e familiares, cujo Projeto Político Pedagógico (PPP) pauta-se pela participação e construção coletiva, sendo as crianças as grandes inspiradoras das concepções e práticas pedagógicas realizadas cotidianamente.

Ao adentrarmos no espaço da creche, logo observamos as marcas e produções das crianças nas paredes, assim como as formas em que os espaços, materiais e tempos da rotina são organizados, o que evidencia a concepção de infância e de educação infantil expressa no PPP da unidade.

No período da tarde, foi a vez dos estudantes vivenciarem a experiência da visitação à exposição “Tarsila popular”, com obras da artista brasileira Tarsila do Amaral, nascida em Capivari, interior de São Paulo, no ano de 1886, uma das maiores artistas do século XX, no contexto do Modernismo no Brasil.

Para Lilian Nagay, estudante do 5º termo do curso de Pedagogia do IFSP/PEP, “[…] a visita técnica foi uma ferramenta de aprendizagem para os estudos […] Pela utilidade dos resultados revertidos, ela não foi um simples passeio, mas foi um ritual didático e pedagógico que exigiu empenho dos docentes e que também acompanharam a viagem […] foi um mostra de que as teorias estudadas no curso funcionam. A experiência ajudou a ampliar a visão dos estudantes para uma nova leitura do mundo […]”.

Investir na formação inicial dos estudantes de Pedagogia, nos aspectos culturais e pedagógicos, é uma forma de contribuir para a qualidade socialmente referenciada da educação brasileira.

FONTE: IFSP Pres. Epitácio

Comentários